quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Agora sim a contagem: uma semana para eu chegar na minha amada cidade. Após exatos 11 meses e 11 dias longe da minha família, meses de muita saudade, algumas lágrimas e muitos "ois" pela web can: agora poderemos nos abraçar e matar a saudade, esta que caminha conosco todos os dias, desde nossa despedida no aeroporto dia 11/01/16. Confesso que a saudade aumenta a cada dia. Mas vamos com calma: temos muitas provas e trabalhos até lá. 

domingo, 27 de novembro de 2016

Todos nós carregamos algo dentro do coração, 
um segredo que não queremos nem sequer relembrar.
Trazemos angústias, sentimentos acerca de coisas que já vivemos,
coisas mal resolvidas, explícitas e viscerais
mas que são apenas nossas
não compartilhamos pois acreditamos que ninguém nos compreenderá
"Porque guardas essa dor?"
"Porque ainda se culpa?"
"Porque ainda se preocupa?"
Nem nós mesmos sabemos.
A questão é que eu nunca saberei como resolver
esse vazio, essa dúvida, essa parte que ficou vazia e nunca ninguém preencheu
esse cargo de "melhor amiga" que está sempre intocado
e por mais que eu tente não consigo virar as costas, as páginas...
faz um ano, sim quase um ano, desde as últimas palavras
e eu nem sei mais o que pensar
o certo é que eu nunca deixei e deixarei de amar, rezar e querer o bem
talvez eu nunca deixe de ter esperança

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Logo logo escreverei sobre essa viagem incrível, sobre os lugares inesquecíveis que conheci em Porto Alegre - RS. E aqui, no parte Farroupilha, uma das minhas fotos favoritas.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

"É melhor ser rei de teu silêncio do que escravo de tuas palavras"
William Shakespeare






Tudo tem conspirado à nosso favor
Todas as coisas que temos em comum
inclusive
as diferenças
e quando você vem 
o que eu quero 
é te agradecer pela vinda
pela permanência
pelas risadas e
pelo carinho
mesmo que seja um chamado
na minha janela às 01:30 da madrugada
eu deixo você entrar
e aqui permanecer

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

"Mas de tudo o que se vai, algo finca o pé e não arreda. Pra quê esconder que é você? Que aparece toda vez bagunçando a minha ideia, nas menores distrações" 5 a seco - Vem e vai

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Eu não sei qual o motivo desses meus sonhos recorrentes com você.
Acordo e faço minhas orações
e sei que elas são formas de poder demonstrar que nunca vou te esquecer.
Por hoje só desejo uma coisa: que você esteja bem, alegre e realizando seus sonhos

terça-feira, 13 de setembro de 2016

A sensação, o sentimento e a emoção que sentimos após realizar um sonho é algo indescritível. Parecia que nunca chegaria o dia da viagem, o dia do show e tão pouco eu esperava que seria tão incrível como foi. Em São Paulo pude conhecer e rever lugares que eu amo:
Logo que cheguei lá  fomos ao Bar Cão Veio do chef de cozinha Fogaça, um dos jurados do Master Chef. O lanche e o ambiente por si só já estavam perfeitos, para completar, quando acabávamos nosso prato o próprio Fogaça passa na nossa frente, nos cumprimenta e pergunta se o som "tá bom"!!!!!!!!!!!!!!!!! Parecíamos dois bobos de boca aberta, não acreditando que Fogaça havia acabado de conversar conosco kkkkkkkkkkk. Acabando o lanche fomos para o hotel dormir.
No domingo fui apresentada à uma Paulista fora do convencional, fechada para carros, com famílias andando, ciclistas, cachorros, enfim, foi uma experiência incrível com direito a café da manhã na Starbucks em frente ao MASP. Pegamos metrô e fomos para a catedral da Sé, um lugar que eu sempre quis conhecer. Lá tivemos o privilégio de ver um pedacinho da missa onde um coral estava cantando sendo acompanhado do órgão da catedral: foi emocionante. Aproveitamos para agradecer aquela pequena viagem que só estava começando.
Em seguida fomos ao Mercado Municipal de SP, experimentamos frutas exóticas e comemos um pastel delicioso e enorme. Saindo de lá, fomos para a Estação da Luz e, como a Pinacoteca estava aberta, resolvemos entrar para ver as exposições. Um lugar incrível que recomendo para todos os amantes das artes: precisaria de um dia inteiro para admirar cada obra juntamente com a arquitetura do local, além é claro da praça linda que tem atrás dela. 
Na estação da luz (local com uma arquitetura incrível também) pegamos o metrô e fomos para o Parque Ibirapuera. Foi a segunda vez que fui lá e sempre tem algo novo e bonito para se admirar. Passeamos até os pés cansarem literalmente, passamos no shopping Morumbi para tomar um Bacio di Latte e voltamos para o hotel, onde me arrumei para o tão esperado Show. 
E como explicar, como escrever o que eu senti no show???
Só de me lembrar já sinto aquela emoção que senti no domingo: Show do Scorpions - turnê de 50 anos da banda foi um sonho realizado, algo grandioso que nunca imaginei ver. Foi meu primeiro show internacional e ficará marcado para o resto da minha vida. Foi perfeito!!!
Saindo de lá fomos ao Bar do Juarez tomar umas "brejas", como diriam os paulistas, voltamos para o hotel e dormimos. Eu ainda fiquei curtindo as últimas horas em SP na segunda, arrumei nossa mala, fui para o Aeroporto de Congonhas e depois para o de Guarulhos. Após muitas horas de espera com Starbucks e Bacio di Latte para despedir, embarquei 15:30 e desci 17:10 em uma Cuiabá gelada, e por sinal o dia mais frio que já peguei aqui.
Depois dessa experiência incrível fica o gostinho de quero mais: daqui a um mês tem mais aventuras em uma semana em Porto Alegre - RS!!!! Só tenho a agradecer à Deus por tudo o que tem acontecido na minha vida, todas as grandes realizações e pessoas que Ele tem colocado perto de mim.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Diga onde você quer ir e eu apenas irei
perdoe os meus defeitos e não desiste de mim
nossa frase de efeito
uma estrada que não tem fim é onde estamos caminhando agora
e nossa aventura é maior do que um dia imaginamos que seria
 fica
fica e vamos regando, juntos, essa planta que só cresce a cada dia

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Gratidão e um sentimento de "vida nova" toma conta de mim.
Sei que faz apenas um mês que estamos juntos... 
mas já tenho trilha sonora para os nossos momentos...
"Foi você me olhar de lado e eu ao lado doido para confessar
Mesmo quando a boca cala o corpo quer falar
Esses gestos incompletos, olhos tão repletos de te desejar
O direito de ir e vir, o desejo de ficar
Tudo isso pra dizer que eu não sei dizer onde é que isso vai dar
Que eu não mando no querer, aliás, é o querer que quer me governar
Hoje eu vivo pra dizer, eu digo pra viver, você é meu lugar"
5 a seco - Mesmo quando a boca cala

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Às vezes coisas precisam acontecer para servir de impulso na nossa jornada.
Pessoas entram sem que se perceba e fazem um verdadeiro vendaval na nossa vida.
Nem sempre a poeira levantada é ruim.
Por agora vejo um vendaval de surpresas, de sorrisos e de um sentimento que está crescendo.
Espero que esse sentimento cresça mais e mais...
Andamos quilômetros de nossas casas para nos encontrarmos aqui
e faremos daqui nosso ponto de partida.

domingo, 17 de julho de 2016

E ao discutirmos sobre vida somos todos leigos, todos iniciantes, mesmo que não percebamos. 
Ao falarmos sobre morte queremos passar a palavra ao próximo, por mais que tenhamos nossas premissas.
Alguns fatos podem ser mais simples enquanto teoria do que prática.
A experiência mundana nos molda a formar paradigmas e construir barreiras em certas temáticas.
Enquanto que o crescimento em tudo isso está em respeitarmos nossos próprios bloqueios e os do próximo, dando um passo de cada vez rumo ao conhecimento e amadurecimento das ideias.
Somos um tábula rasa, segundo John Locke, que precisa ser preenchida, apagada, remoldada, lapidada...
A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar, teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas as portas da vida.

Pablo Neruda

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Até aquele momento eu acreditava que existiam coisas impossíveis de se criar nesse mundo.
Ao ter o primeiro contato com você soube de prontidão que sempre estivera errada.
Ali estava a prova de que 
o incompreensível poderia atingir a razão
o inimaginável poderia tomar uma forma
o inatingível poderia estar ao alcance de minhas mãos
e até hoje descubro muitas impossibilidades possíveis apenas em você
música

sexta-feira, 10 de junho de 2016

O amor tudo transforma. 
Torna a vida mais bela. 
Colore o nosso dia. 
Faz misérias, como diz Oswaldo Montenegro... 
Com amor podemos ir longe.
Tendo amor podemos ser melhores.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Sobre a brevidade da vida: o que viemos fazer nesta, qual nossa missão, nosso objetivo para com os outros que aqui também estão? Me pergunto às vezes: qual a marca queremos deixar nos outros, nos tantos amigos que conhecemos nessa vida? Me pego pensando no quanto devemos amar, cuidar, abraçar, valorizar as pessoas que nos amam, que cuidam de nós, pois nunca saberemos quando vamos nos separar, quando nossos caminhos vão se distanciar. Passamos a maior parte do tempo vivendo para o amanhã: trabalhamos, estudamos, batalhamos por um futuro bom, uma estabilidade financeira, enfim, mas no quesito amizade, no quesito amor, estamos lutando pelo quê? Para a construção de laços sólidos e verdadeiros ou para coisas passageiras e sem alma? Que os cuidados com os sentimentos nunca faltem, que busquemos sempre dar o nosso melhor pelos que temos apreço, que possamos apreciar o que de melhor as pessoas tem...

domingo, 5 de junho de 2016

Quando os sonhos antigos se realizarem é hora de sonhar novamente, de buscar novas metas.
É hora de querer ir mais longe, de descobrir coisas que vão nos inspirar, que vão nos transformar... 

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Nunca saberemos explicar o amor. Nunca o compreenderemos. Somos incapazes de assimilar esse sentimento que une as pessoas e que nos torna tão vulneráveis ao mesmo tempo. A dor de estar longe de quem amamos, a dor de uma despedida é como um flecha acertando nosso coração. Essas duas semanas com a minha mãe foram como um combustível que vai me dar forças para mais meio ano de faculdade. A dor de não poder ir para casa esse ano é imensa, mas a alegria de ver no olhar dos meus pais o orgulho que sentem por mim é maior que tudo! E sim, a gente chora muito nessas despedidas nos aeroportos... choramos pois ali, em cada abraço, em cada palavra, mora o amor. Cada minutinho a mais com a pessoa é como uma dádiva, uma fagulha de carinho ao qual nos agarramos.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Das coisas mais lindas criadas nesse mundo, a música é uma das mais mágicas e intrigantes. Eu não sei explicar a ligação que tenho com ela, mas para mim funciona como um remédio da alma: basta uma canção empolgante e toda a energia se renova, a empolgação volta e os problemas são remediáveis.

Hoje cedo comi um biscoito da sorte rsrs e Mario Quintana disse para mim a seguinte frase:

"Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época da vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia o bastante para realizá-los a despeito de todas as dificuldades e obstáculos... Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se presente e tem duração do instante que passa."

quarta-feira, 4 de maio de 2016

terça-feira, 3 de maio de 2016


Sem palavras para esse DVD novo do Rosa de Saron. Eu já era fã da banda há muito tempo, mas esse acústico está tocando na alma a cada música. Lindo demais demais demais. Vale a pena ouvir e deixar Deus falar conosco em cada letra de cada canção. Perfeito!
"Se Deus te desse só uma manhã para sentir tudo aquilo que nunca sentiu..."
Rosa de saron

domingo, 1 de maio de 2016

"It comes back to you
It comes back to you
All the things that you had lost
Will find their way to you"

































Imagine Dragons - It comes back to you

sábado, 30 de abril de 2016

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Lidar com a solidão parece, de fato, ser mais fácil no ato de aconselhar do que no de vivenciar. Você ser o ator, aquele que vivencia um momento onde está só é para poucos. Deveras, algumas pessoas não foram feitas, assim por dizer, para ficarem sozinhas, elas não se sentem felizes assim: precisam ser amadas, cuidadas, precisam de abraços, beijos, carinhos de um(a) companheiro(a). Outras, porém, vivem uma vida tranquila e feliz, uma vida de autossuficiência no amor, não se incomodam em não ter alguém por perto. Acho que me descobri no primeiro grupo: sim, a solidão é para os fortes, e nesse quesito, me julgo a mais fraca de todas.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Acho que gratidão já não é sentimento suficiente para expressar tudo o que sinto por ter pais tão maravilhosos quanto vocês. Fazem de tudo por nós filhas, atravessam um mar de saudades, superam as tristezas de ter que esperar meses para poder me abraçar, beijar... Sempre estão felizes pelas nossas vitórias e conquistas. Sempre se empenham em fazer o melhor, em dar os melhores conselhos e serem os melhores amigos que a gente poderia ter. E a gente não se cansa de falar para os quatro cantos do mundo o quanto amamos vocês! Pois sim, é muito privilégio para nós ter pessoas como vocês nos guiando nessa jornada que chamamos de vida! Amo vocês!

sábado, 26 de março de 2016

Se eu pudesse arrancaria toda a escuridão e orgulho que paira aí...
Bastaria duas palavras e eu estaria aí.
Porque como dizia uma amiga: o amor tudo supera, perdoa, muda...
O que nos faz humanos é sentir na alma cada sinal que a vida nos oferece. Cada som, cada toque, cada gosto, cada beijo, abraço, sentimento, amizade, música, conquista, decepção... 

sexta-feira, 25 de março de 2016

Hoje o dia amanheceu trazendo chuva consigo. Uma tempestade também se formava dentro do meu coração: era a saudade de casa, da família, daquele aconchego do colo dos pais. Já estamos distantes há quase 3 meses e essa distância é um peso que não só eu, mas a família inteira carrega. Esse ano não irei para casa, só em dezembro para natal e afins, e mesmo sabendo que é pelo meu futuro, por um "bem maior", pensar nessa saudade dói demais. Sabemos que, no final, todo sacrifício terá valido a pena.Obrigada por me apoiarem em cada decisão, em casa sonho, em cada conquista! Eu amo vocês mãe, pai e Dri!
A vida pode nos impressionar com seus novos caminhos, com as surpresas que nos proporciona. Fico feliz em poder descobrir coisas novas, conhecer gente diferente mas que compartilha de ideias iguais as nossas. Mas também é tão bom estar rodeada de amigos que nos mostram novas formas de sonhar e novos sonhos para viver. Somos levados, muitas vezes, por uma vida monótona que nós mesmos criamos sem perceber. A gente se molda em algo e dificilmente muda ou se permite conquistar ou agir de outra forma. Por vezes deixamos coisas valiosas pelo caminho e temos medo de voltar para resgatá-las, medo de que aquilo já não seja tão bom como era antes. Hoje me percebo mais aberta para coisas novas. Livre para sonhar, sabe? Ainda tenho muitos sonhos antigos... Ainda guardo muitas barreiras difíceis de derrubar, mas sinto que aos poucos estou conseguindo melhorar essas questões em mim.

segunda-feira, 21 de março de 2016

"Algo pode crescer em meio a tanta tristeza. 
Algo muito bonito e sincero pode brotar. 
Regado à admiração, respeito e carinho."  

Filme: Orgulho e preconceito
E assim funciona o coração: a gente remenda algo que julgamos irremediável
e logo, sem que percebamos, ele cicatriza! 

terça-feira, 15 de março de 2016

Tudo é passageiro: a dor, o amor, o sofrimento, os sonhos que você sonhou por tanto tempo podem se desfazer, pessoas podem ir embora da sua vida sem que você tenha controle sobre isso. Essas perdas nos fazem crescer, um crescimento à duras penas muitas vezes. E sim: precisamos chorar, dizer o que queremos dizer, passar aquela noite ouvindo músicas tristes, olhando fotos, chorando... mas no outro dia cabeça erguida, vida que segue e um único pensamento: tudo serve como aprendizado e claro: tudo passa. 

quarta-feira, 2 de março de 2016

"Sim eu vou sumir: por mais um tempo, o tempo necessário para as coisas se encaixarem. É com grande aperto no peito que eu digo isso. Sinto que o tempo está passando. É que dentro de mim sempre há aquela expectativa que  tento a todo custo guardar. Você reaparece, como quem não quer nada, esperança! Eu conheço bem você, pois é irmã da frustração. Antes mesmo que tudo isso aconteça eu vou embora, vou esquecer tudo isso. Não por completo. Acho que o melhor termo seria: vou guardar essa parte novamente naquela caixa. Eu fico procurando motivos mas não encontro, sabe?! Fico querendo modificar as coisas mas não consigo. Crio situações, cenas, enfim, crio sentimentos e coisas que simplesmente não existem. Vou sumir, e pode ser que a gente se reencontre quando você vier até mim esperança! Quando vier, venha com a coragem."

M.B - 02/03/2016 - 22:09
Sabe o que eu vejo hoje? Um individualismo exacerbado entre as pessoas, um olhar voltado ao próprio umbigo. Eu vejo o "parecer ser", vejo um orgulho imenso em cada um de nós, que nos impede de prosseguir, nos impede de perdoar, de amar, de recomeçar. Esse orgulho fala tão alto que é visível mesmo que se queira esconder. Eu vejo que as pessoas esperam ser perdoadas, ser compreendidas e ser amadas mas não querem fazer isso. A gente procura a todo momento uma razão pra ser feliz mas não procura ser a felicidade para os outros. Queremos que os outros nos entendam mas não queremos parar para ouvir o que o outro tem a dizer. Porque sim, todos temos o direito de errar, de se arrepender, de mudar...

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Cada vez que leio aquelas palavras e sinto o significado que elas têm para mim é como um impulso para seguir, para não desistir, para apenas persistir...

domingo, 7 de fevereiro de 2016

"Provai e vede como o Senhor é bom, feliz de quem Nele encontra seu refúgio"
Essa pequena frase tem muito a dizer, tem uma verdade incontestável nela e, todas as vezes que a ouço, sinto uma paz me invadir, um misto de tranquilidade e segurança. 

domingo, 31 de janeiro de 2016

Mais uma vez pude sentir sua presença. Ouvir suas palavras me faz refletir um pouco sobre a minha existência nesse mundo, sobre a minha missão, sobre os caminhos que estou trilhando. Obrigada por não me deixar desistir mesmo nos momentos mais difíceis. E obrigada por me mostrar que estou certa todas as vezes que deixo você guiar os meus passos. Que eu nunca duvide do seu amor. Que eu nunca duvide das suas promessas. Sei que as vitórias estão garantidas ao seu lado, assim como também sei que os tropeços sempre serão acompanhados de reerguidas. Que eu tenha tranquilidade para esperar pelos seus grandes projetos para a minha vida. É só isso que eu quero.

sábado, 30 de janeiro de 2016

A música faz eu me sentir viva, energizada para correr atrás dos meus sonhos, das minhas metas. Nos dias tristes a gente quer mesmo é ouvir música triste, mas isso também é ótimo: colocamos para fora aquilo que está preso, amarrando nosso coração. Para mim cada música remete a algo, lembra ou combina com algum momento. Deixo aqui embaixo algumas músicas que gosto muito e qual a respectiva situação que ela me lembra:

Conquista de objetivos/ estímulo para lutar pelos meus sonhos
Asura - Regenesis
Glimpse of Winter - Approaching Nirvana
Faun - Diese kalte Nacht

Viagem
Maroon 5 - Sugar 
Pet Shop Boys - West end girls
Coldplay - A Sky Full Of Stars
Chronos - Planetarium
Carly Simon - Let the river run

Momentos tristes
Asura - Land of freedom
Carly Simon - So many stars
Cydelix - Over the western lake

(Parei por aqui mas poderia ficar o dia inteiro escrevendo nomes de músicas nessas e em muitas outras categorias rsrs AMO MÚSICA!!!!)
E aos poucos construímos laços de amizades, alguns mais fortes do que os outros...
Quem não gosta de se sentir amado, querido??
Que bom que a vida tem dessas coisas maravilhosas: 
colocar pessoas especiais na nossa vida que nos fazem bem.
Nossos amigos são verdadeiros anjos...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016












Às vezes me invade um sentimento triste relacionado a momentos que nunca mais voltarão, situações que nunca mais vão acontecer, pois a vida passou, nós crescemos, a família foi se modificando... eu penso nas viagens que nós quatro fazíamos, nas trilhas sonoras destas; penso nos momentos com papai nos ensinando a jogar video game; penso em tudo, tudo o que fazíamos só nós: mamãe, papai, eu e minha irmã. É uma sensação triste saber que nunca mais viveremos momentos como aqueles, é triste pensar, às vezes, que estamos crescendo, que vamos sair da casa dos nossos pais para formar nossas famílias, não voltaremos a ser crianças ,adolescentes, a brincar com nossos pais daquela maneira antiga... Talvez para muitos esse sentimento seja estranho, mas para mim é completamente real e, por vezes, me pego questionando como a vida, olhando dessa perspectiva, pode parecer injusta: momentos, fases felizes se vão e nunca mais voltarão.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Eu tenho medo de que qualquer palavra minha ou gesto seja mal interpretado. 
Tenho medo de nunca mais ver o que desejo todos os dias. 
Tenho medo de que fique só na lembrança, 
medo de que eu nunca tenha a oportunidade de falar, de mostrar. 
Tenho medo de que as pessoas pensem que é idolatria, mas não é. 
Só eu sei o que eu sinto, o que eu carrego.
Só eu sei...